quinta-feira, 14 de julho de 2011

El Elion – O Deus Altíssimo. O criador e possuidor dos céus e da terra.

    

         Quantas vezes nos pegamos dizendo: “Isso é meu, não é seu.” “Eu comprei, por isso é meu.” “Tudo o que tenho foi comprado com o meu dinheiro.” Achamos sempre que tudo o que compramos com nosso dinheiro é nosso, e só nosso.
            Esse é o maior dos enganos. Não possuímos nada nessa vida. Não somos donos de absolutamente nada. Partindo desse pressuposto, porque valorizamos tanto os bens materiais? Carros, casas, roupas, jóias, computadores? Até mesmo nossos filhos não são nossa propriedade.
            Tudo o que recebemos de Deus, pertence a Ele e somente a Ele. Somos despenseiros, administradores, mordomos de Deus. Apenas administramos o que Ele nos dá. Por isso do mesmo jeito que Ele nos dá, Ele também pode nos tirar. Assim como nos deu a vida, também a tirará, na hora que for necessário e de Sua vontade.
            O El Eliom, O Deus Altíssimo, é o legítimo possuidor de todas as coisas. É Ele quem possui os céus e a terra, e tudo o que neles há.  

El Elion é um dos nomes compostos de Deus usados na Bíblia Sagrada. Cada um desses nomes diferentes revelam um lado diferente da natureza e do caráter de Deus.  Já falamos em um post anterior sobre outro nome composto de Deus, O El Shaddai, que significa o Todo Poderoso. Em outras postagens falaremos sobre os outros nomes de Deus. 


Que a bênção do Deus Altíssimo, criador dos céus e da terra, seja sobre você, e bendito seja o Deus Altíssimo que entregou os seus inimigos em suas mãos.” Gn 14.19-20.

Portanto, amados, vamos tentar nos desapegar de todas as coisas materiais que nos prendem, e nos envolvem como se fosse um novelo de lã embolado. O Senhor não se agrada disso, pois: “aprenderão que só o SENHOR, o Altíssimo domina toda a terra.” Sl 83-18.

            Se realmente conseguirmos nos desapegar das coisas materiais, nossa vida se tornará mais leve. Nossas preocupações se voltarão para as coisas que de verdade possuem valor, tais como: amor, esperança, misericórdia, bondade, caridade, enfim para coisas não perecíveis e que a traça não corrói como os bens materiais.
            “E Jesus, olhando para ele, o amou e lhe disse: Falta-te uma coisa: vai, vende tudo quanto tens, e dá-o aos pobres, e terás um tesouro no céu; e vem, toma a cruz, e segue-me.” Mc 10-21.

Nada do que temos é nosso, e sim do Deus Altíssimo, O El Eliom.

Honra e Glória ao Deus Altíssimo!

    

Um comentário:

Rodrigo Trindade disse...

Também está escrito:
(1João 2:15)  Não ameis o mundo, nem o que no mundo há. Se alguém ama o mundo, o amor do Pai não está nele.

Real Time Web Analytics Real Time Web Analytics