segunda-feira, 19 de setembro de 2011

Pronuncie somente palavras edificantes.

Dia desses, eu estava com o controle remoto da televisão apertando os botões, realizando uma operação pente fino, procurando algo de bom para assistir. E em dado momento parei para ver o desempenho da atriz Lília Cabral na novela Fina Estampa. Ótima atriz.
Ela estava em uma cena muito passional, e uma coisa me chamou a atenção. Ela discutia com diversas pessoas, inclusive com o filho, e o chamava de “desgraçado”, “miserável”, “infeliz” e outros adjetivos terríveis.
Tudo aquilo me fez pensar em como nós, às vezes também usamos as palavras de maneira errada. Em algumas ocasiões repetimos tais palavras para pessoas que conhecemos, pessoas da família e até mesmo com nossos filhos. Sem saber o significado literal dessas palavras, vomitamos verdadeiras maldições até para quem amamos.
Isso não acontece somente nas novelas. Antes fosse assim. Acontece muitas vezes em nosso dia a dia com pessoas bem próximas a nós. Na novela não foi diferente. A atriz falou todos esses adjetivos para o próprio filho, no momento de profunda raiva e decepção.
Mas o quer dizer mesmo a palavra “desgraçado”? Segundo o dicionário é a mesma coisa que: Miserável, mal sucedido, pobre, pessoa infeliz, desprezível, funesto, vil, deplorável, e tantos outros sinônimos. Porém, para o povo judeu, desgraçado significa: Sem a graça de Deus, sem bênção, ou seja, todos os adjetivos anteriores se resumindo na tradução do povo judeu: sem a graça de Deus, e sem a sua bênção podemos nos tornar um resumo de todos esses adjetivos juntos.
Exorto a todos os leitores desse blog, a que nunca abram a boca para pronunciar tais palavras. Principalmente, para os que lhes são queridos. Ninguém vive sem a graça de Deus, precisamos dela diariamente em nossa vida. Dizer que alguém é desgraçado, não quer dizer só que a pessoa é desprezível ou mal sucedida, é afirmar que ela é desprovida da graça de Deus. Devemos pensar antes de perder o controle com nossos irmãos para que isso não aconteça. 
“Pois Deus revelou a sua graça para dar a salvação a todos. Essa graça nos ensina a abandonarmos a descrença e as paixões mundanas e a vivermos neste mundo uma vida prudente, correta e dedicada a Deus.” Tt. 2.11-12.
Portanto, nunca deixe que de sua boca saia palavras tão indignas e tristes, pois todos nós somos dignos de receber a graça e a conseqüente salvação em Cristo Jesus.
Graça e paz a todos!
Honra e Glória a ti SENHOR!



Nenhum comentário:

Real Time Web Analytics Real Time Web Analytics